Tênis falsificados em São Paulo

10/09/2020

A equipe do núcleo de jornalismo investigativo da rede Record TV fez uma excelente matéria sobre o mercado ilegal de tênis falsificados em São Paulo. Mostrando com exclusividade toda a cadeia de produção e distribuição desses produtos falsificados. A reportagem foi divida em 3 partes e foi ao durante os dias 8, 9 e 10 de setembro, abaixo você poderá assistir toda reportagem.

Parabenizamos a equipe de jornalismo investigativo da rede Record TV e a todos os envolvidos pela brilhante reportagem.

Parte 1 - Record TV mostra a cadeia de produção tênis piratas no Brasil

Na 1° parte da reportagem temos a apreensão de marcas famosas de tênis falsificados. 


A equipe do núcleo de jornalismo investigativo da Record TV mostra a cadeia de produção e a movimentação dos falsários. As barreiras montadas nas estradas à espera das cargas suspeitas e como os veículos são monitorados. 


Parte 2 - veja como funciona a distribuição de tênis piratas pelo Brasil

A equipe do núcleo de jornalismo investigativo da Record TV mostra como a indústria criminosa do tênis falsificado distribui os produtos. 


Nos principais comércios populares e também em áreas nobres da cidade de São Paulo, como a Avenida Paulista. Especialistas alertam para a baixa qualidade do material usado e como a falta de cuidado na fabricação pode afetar a sua vida. 


Parte 3 - Veja como funciona o lucrativo mercado de tênis piratas em SP.

Lojas cobram preços altos por tênis falsificados, e nem sempre o valor é um alarme de que são ilegais. 


A equipe do núcleo de jornalismo investigativo da Record TV foi até alguns desses comércios para mostrar o lucrativo mercado ilegal. A venda desses produtos piratas também acontece na internet. Um cliente comprou um tênis achando que era original e só percebeu que tinha sido enganado no momento da entrega. É o que você vai ver na última reportagem da série sobre o comércio de tênis falsificados em São Paulo. 



Se você preferir pode ler a transcrição da reportagem logo abaixo:

Parte 1 - Record TV mostra a cadeia de produção tênis piratas no Brasil.

Jornalista Record TV:

O núcleo de jornalismo investigativo da Record TV mostra agora com exclusividade a cadeia de produção de tênis falsificados e toda ação dos criminosos é impressionante.

Jornalista Record TV:

Impressionante! Você vai ver agora as barreiras montadas nas estradas à espera das cargas suspeitas e como esses veículos são monitorados.

Jornalista Record TV:

Uma barreira montada pela Polícia Rodoviária Federal está à espera de uma carga suspeita. A região de São José dos Campos interior de São Paulo.

Os veículos monitorados pela polícia se aproximam um furgão e um caminhão, dentro deles estão os tênis falsificados. São mais de quatro mil e 400 pares de tênis com desenhos e etiquetas de marcas famosas. Tudo falso.

Região de Atibaia também no interior de São Paulo a equipe do Núcleo de Jornalismo Investigativo da Record TV acompanha mais uma operação com exclusividade.

A Polícia Federal está atrás de uma caminhonete com destino à capital levando tênis falsificados.

O motorista é parado na rodovia Fernão Dias.

Motorista abordado:

"Setenta caixas ai, doze pares em cada caixa."

Jornalista Record TV:

Ele confessa que a carga é ilegal!

"Você não tem documentação fiscal nenhuma?"

Motorista abordado:

"Não!"

Jornalista Record TV:

"Esse aqui é um tênis falsificado. O senhor sabe que é falsificado?"

Motorista abordado:

"É! sei"


Jornalista Record TV:

Em Nova Serrana interior de Minas Gerais a cidade que fica a cerca de 600 quilômetros da capital paulista é um dos maiores polos calçadista do Brasil.

Até julho deste ano ações das Polícias Civil e Rodoviária, Receita Federal e Prefeitura de São Paulo apreenderam quase 40 mil tênis falsificados, cerca de 30 mil, apenas nos meses de junho e julho numa demanda criada pela retomada parcial do comércio, grande parte desses calçados veio de Nova Serrana em Minas Gerais.

Nossos repórteres investigativos acompanharam o trajeto feito pelo caminhão e um furgão mostrados no começo da reportagem.

Eles partiram de Nova Serrana com destino a São Paulo param em um posto logo na saída da cidade para o abastecimento pegam estrada na sequência.

O caminho alternativo é também o mais longo e tem um motivo a evitar passar pela rodovia federal evitando a fiscalização. O percurso mais longo.

Flavio Catarucci PRF-SP:

"Motoristas tentam tirar a diferença na velocidade pois recebem 300 reais por transporte. Por conta disso quanto mais eles transportam mais eles ganham dinheiro.

Via de regra um veículo cumprindo os limites de velocidade leva em torno de sete horas sete horas e meia entre São Paulo e Nova Serrana, já foi verificado que esses caminhões eles fazem esse percurso em aproximadamente cinco horas."

Jornalista Record TV:

Muitas das cargas partem de locais como este, uma casa em Nova Serrana usada como um entreposto montamos campana em frente ao endereço, o movimento começa a ficar intenso no período da tarde. Pequenos veículos chegam com as mercadorias.

Quando escurece uma van entra na garagem para fazer o carregamento, o destino da carga é São Paulo.

Este é só um ponto de uma cadeia industrial para a falsificação de tênis.


Rodolpho Ramazzini Advogado e Diretor da ABCF:


"Eles têm gráficas clandestinas tecelagem nas fábricas de etiqueta.

Pessoas que trabalham para silkagem, pessoas que trabalham para fazer a colagem das marcas quando essas são de borracha ou de outro material."

Jornalista Record TV:

Nossa equipe investigativa descobriu alguns desses endereços na mesma cidade mineira, fomos até uma gráfica com uma câmera escondida aqui são fabricadas as caixas para os tênis.

São várias marcas todas famosas, uma conversa entre os funcionários revela um fluxo alto de pedidos.

Funcionaria:

"É 2 mil de um cliente, e mais 5 mil da azul."


Jornalista Record TV:

Do lado de fora um caminhão é carregado, as caixas mais bem elaboradas são repletas de detalhes como as originais, país de fabricação Vietnã mais uma farsa.

Tivemos acesso ao Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica da empresa que funciona desde 2003.

Normalmente a fabricação de calçados é muito segmentada cada pequena fábrica produz um componente e leva até um local onde é feita a montagem do produto final.

Algumas dessas fábricas produzem marca própria legalizada, mas também fornecem itens para a falsificação.




Delegado Wagner Carrasco DIG/DEIC: 

"Uma das finalidades específicas da segmentação é dificultar o trabalho da polícia, outra por uma questão industrial mesmo que eles terceirizam e acabam dividindo essa mão de obra para a questão da produção."


Jornalista Record TV:

Ainda em Nova Serrana encontramos um dos fornecedores de etiquetas informa o tamanho do tênis do país de fabricação e logomarca, Vietnã, Tailândia tudo produzido em Minas Gerais negociamos a compra pelo aplicativo de mensagens, fomos buscar a mercadoria, mil peças saem por 70 reais.

Passamos pela fábrica, uma pilha de palmilhas estava à espera para ganhar o selo falsificado, além de Minas os tênis falsificados vêm do Rio Grande do Sul e de Franca no interior paulista.

Só aqui no ano passado 14 fábricas de produtos piratas foram fechadas até o papel de seda que envolve o calçado dentro das caixas é falso.

Cadeia ilegal de fabricação que só neste ano já causou um prejuízo de quase 2 bilhões de reais para as marcas e os cofres públicos.

Na segunda parte desta reportagem você vai ver qual o principal destino dos tênis falsificados em lojas e ruas de comércio popular no centro de São Paulo mas também na Avenida Paulista coração financeiro da cidade.

Como identificar tênis pirata e os riscos que eles podem causar à saúde amanhã. Aqui no Fala Brasil.


Parte 2 - veja como funciona a distribuição de tênis piratas pelo Brasil

Jornalista Record Tv:

O núcleo de Jornalismo Investigativo da Record, mostra agora como a indústria criminosa de tênis falsificado distribui em comércios populares e também em áreas nobres da cidade de São Paulo como a Avenida Paulista por exemplo.

Jornalista Record Tv:

Especialistas alertam para a baixa qualidade principalmente do material usado e a falta de cuidado na fabricação pode afetar a nossa vida.

Jornalista Record Tv:

Prateleiras lotadas de tênis, preços atrativos, muito movimento a cadeia industrial organizada para falsificação abastece este mercado. O principal destino dos carregamentos é o centro de São Paulo antes mesmo do dia amanhecer carregadores abastece os centros de compras populares.

A equipe do Núcleo de Jornalismo Investigativo da RecordTV percorreu vários endereços na região do Brás uma das mais movimentadas deste negócio. Os tênis são vendidos no meio das calçadas em várias lojas atacado e varejo

Jornalista Record Tv:

"Tá quanto esse?"

Vendedor:

"R$60,00"

Jornalista Record Tv:

"Você vende por atacado também?"

Vendedor:

"Também, sai a R$45,00."

Jornalista Record Tv:

"As caixas dos calçados são oferecidas a parte."

Vendedor:

"Ele vem fora da caixa. A caixa eu vendo a parte, a R$2,50"

Jornalista Record Tv:

Algumas lojas ficam escondidas para fugir da fiscalização.

Esta ocupa os cômodos de um pequeno hotel. Dos quase 40 mil pares apreendidos no ano passado boa parte foi recolhida nesta região, durante as operações são descobertos depósitos escondidos embora.



Delegado Wagner Carrasco DIG/DEIC:

"Parece ser uma sala normal, uma sala que parece ser uma sala de escritório para, mas nós temos uma gama aqui de tênis das mais diversas marcas, falsificados."

Jornalista Record Tv:

Uma porta camuflada leva a outro cômodo.

Delegado Wagner Carrasco DIG/DEIC:

"Atrás disso temos um deposito enorme, com uma grande quantidade de produtos."

Jornalista Record Tv:

Os tênis piratas são divididos por categorias de produtos.

Rodolpho Ramazzini ABCF:

Em tese os produtos que são vendidos mais caros, são as falsificações de melhor qualidade, que são as feitas aqui mesmo no Brasil, as falsificações mais grotescas, de péssima qualidade feita com material de baixíssima qualidade, vem da China ou entram via Paraguai por portos são produtos que acabam sendo vendidos mais baratos por ter uma qualidade ainda pior que as das falsificações feitas no território Brasileiro.

Jornalista Record Tv:

No coração financeiro da cidade encontramos ofertas dos mais caros em uma galeria na Avenida Paulista.

Jornalista Record Tv:

"Quanto tá?"

Vendedora:

"R$120,00"

Jornalista Record Tv:

"Esse é nacional?"

Vendedora:

"Isso!"

Jornalista Record Tv:

Nós resolvemos comprar um dos tênis. A vendedora garante a durabilidade.

Vendedora:

São primeira linha!

Jornalista Record Tv:

"O que é primeira linha?"

Vendedora:

"Primeira linha é o mais semelhante ao original. Aqui nada é original, nesse Shopping."

Jornalista Record Tv:

"Mas é resistente?"

Vendedora:

"Sim, a qualidade é boa, a durabilidade é boa."

Jornalista Record Tv:

"Mas ela não emita nota."

"Tem nota?"

Vendedora:

"Não tem."

Jornalista Record Tv:

Pagamos R$75 reais por um modelo um dos mais simples, este advogado e colecionador de tênis explica que os falsificadores têm investido em detalhes, mas não é difícil reconhecer.

Fellipe Escudero Advogado:

"Um dos maiores sinais de que o produto é falsificado: Entrega em 15 dias, entrega em 20 dias, 30 dias porque? Eles precisam pedir pro fornecedor. Eles não trabalham com estoque."

"Outro sinal de produto falso, é uma etiqueta que eles tem que é uma espécie de selo de autenticidade, que isso foi tão falsificado, que quando vem com aquele selinho verde com x eu já desconfio."

"Quando você vai comprar um produto original e ele vai vir com cadarço todo errado assim, ele não vai vim, Muito menos com esse bico sobrando e todo esse excesso de cola."

Jornalista Record Tv:

Eles podem até enganar os olhos mas não enganam o corpo,a maior parte dos tênis esportivos está na tecnologia deles. As principais funções são, estabilidade e absorção de impacto. Benefícios que os falsificados, não oferecem.

Esse fisioterapeuta e educador físico que fez um rápido teste com um par de tênis falsificados.

Poucos minutos de caminhada e corrida o resultado

Fisioterapeuta:

Dor no joelho, principalmente no meu joelho direito onde eu mais senti.

Jornalista Record Tv:

Segundo o especialista a falta de estabilidade pode provocar lesões com o tempo, essa dor pode subir ainda mais. Isso leva a uma incapacidade da pessoa realizar a caminhada.

Jornalista Record Tv:

Os problemas vão desde o desconforto alterações na postura.

Vivian Mendes Fisioterapeuta:

Causa uma inclinação lateral, ou causa uma inclinação anterior no pescoço, pra poder ajustar minha postura a aquele movimento que o tênis ta me causando.

Jornalista Record Tv:

Além dos centros de compras populares os tênis piratas também são vendidos na internet. A vítima que preferiu não mostrar o rosto disse que foi atraída por este anúncio em uma rede social.

Só descobriu que era falso quando recebeu a mercadoria.

Vitima:

"A qualidade do material você vê, nitidamente que não tem nada haver com a qualidade de um produto original."

Jornalista Record Tv:

Além do consumidor esse mercado também tem impacto no sistema financeiro. Só no ano passado a falsificação de tênis e sapatos causou prejuízos na ordem de 8 bilhões de reais para os cofres públicos.

Além de diminuir o faturamento das indústrias.

Vitima:

"É melhor a gente pagar um pouco mais caro em um produto em uma loja, do que acabar comprando pela internet e acabar sendo prejudicado e lesado né?"

Jornalista Record Tv:

Se os impostos baixam fica pouquinho mais acessível, a diferença não fica tão grande de preço, não que justifique comprar produto falsificado, só que a diferença de preço é tão grande que as vezes o consumidor acaba se interessando.


Parte 3 - Veja como funciona o lucrativo mercado de tênis piratas em SP

Jornalista Record Tv:

Lojas cobram preços altos por tênis falsificados e nem sempre o valor é um alarme viu a equipe do Núcleo de Jornalismo Investigativo da qual a TV foi até alguns desses comercio para mostrar o lucrativo mercado ilegal.

Jornalista Record Tv:

E a venda desses produtos piratas também acontece na internet evidentemente um cliente compra um tênis achando que era original e só percebeu que tinha sido enganado no momento da entrega.

Você vai ver agora na última reportagem da série da Ane Campos Douglas Dias e do Paulo T.

Jornalista Record Tv:

Tênis raros de edições limitadas que viram itens de colecionadores. Eles movimentam também o lucrativo comércio das peças falsificadas popularmente conhecidas como "réplicas" com uma câmera escondida o repórter do núcleo de jornalismo investigativo da TV foi até uma loja no décimo andar de um prédio comercial na zona leste de São Paulo mostruário é grande os tênis estão em prateleiras que cobrem duas paredes.

"Eu estou procurando o meu irmão, um Air Jordan."


Vendedor:

"O que eu vou ter aqui na pronta pai,é esse aqui e esse aqui. Porque esse do Travis Scott, a gente consegue por encomenda."

Jornalista Record Tv:

"Tem algum perigo de ser replica?"

Vendedor:

"É primeira linha importada pai, mas de qualidade."

Jornalista Record Tv:

"Ah, primeira linha significa que é replica."

O vendedor faz a comparação com uma suposta peça original para falar sobre qualidade.

Vendedor:

"Esse aqui é primeira linha e esse aqui é original. A gente trabalha com a melhor qualidade do mercado."

Jornalista Record Tv:

"Quanto mais parecido com o original, mais caro.

Esse aqui é Off-White?"

Vendedor:

"É, esse é PK, a melhor replica que existe no mercado é o PK. Ai, o preço dele também é um pouquinho mais elevado."

Jornalista Record Tv:

"Esse tá quanto?"

Vendedor:

"Esse a gente tá vendendo por R$1.200.

Nosso repórter continua verificando os preços."

Jornalista Record Tv:

"Nossa, R$1.200"

Vendedor:

"R$1.300 mas esse ai é o valor cheio. "Tá" numa promoçãozinha ai, R$580,00"

Jornalista Record Tv:

O vendedor explica o prazo de entrega que pode chegar a 60 dias com duração mínima ou dois meses.

Vendedor: 

"Por conta da pandemia. A gente ficou dois meses sem postar nada ali em fevereiro, março, as fabricas fecharam, aeroportos e tudo fechou. Ai a gente só voltou em maio."

Jornalista Record Tv:

Lojas físicas que vendem tênis de coleção falsificados são raras. A maior parte desse comércio acontece na internet. Sites e redes sociais que oferecem produtos piratas geralmente por preços mais baixos. Anúncios que garantem autenticidade, o que não passa de um artifício para enganar.

Um dos modelos mostrados pelo vendedor é este, um advogado que também é um colecionador explica que um dos tênis mais falsificados.

Fellipe Escudero Advogado:

Você encontra em qualquer Marketplace para comprar esse produto aqui R$300,00 reais na época do lançamento do produto custava R$700,00 A valorização dele fez dele mais de mil dólares.

Quando você vai encontrar um produto que foi lançado em junho de 2018, por R$300,00 reais, não vai.

Jornalista Record Tv:

Este site fora do Brasil que oferece por um preço equivalente a 8 mil e 700 reais. Neste outro site brasileiro o modelo é vendido por 429 reais, mas os falsificadores também usam valores altos como isca.

Este estudante fez uma compra pela internet pagou pelo preço de mercado, mas não recebeu o que esperava.

Daniel, estudante que comprou e foi enganado:

"Aí chegou aqui em casa veio com nota fiscal e tudo. Eu comecei a olhar o tênis direito eu falei, vishe não é original não."

Jornalista Record Tv:

Daniel mora nos Estados Unidos diz que por lá o mercado de falsificados também é grande.

Daniel, estudante que comprou e foi enganado:

"Tem muito site tem bastante site, vai encontrar o falso, é um tiro no escuro, você não sabe."

Jornalista Record Tv:

Setor fraudulento que tem investido pesado em propaganda.

Fellipe Escudero Advogado:

"E contrataram vários famosos e quando eu digo vários famosos é vários famosos mesmo. As pessoas mais famosas do Brasil já fizeram propaganda para produtos piratas."

Jornalista Record Tv:

"Uma falsa garantia de qualidade."

Fellipe Escudero Advogado:

"Esses produtos não são réplicas, as replicas são produtos que são autorizados pela marca. Para você fazer uma réplica fiel com uma qualidade inferior mas com autorização então não são réplicas não só o tempo que eles usam para poder esconder e mascarar pirataria."